Localizada no piso superior da Biblioteca, conta com 6 lugares para pesquisa, possuindo a sala 37,44 m2. Buscando dar ênfase à diversidade cultural das etnias nativas do estado, a Secretaria de Estado e Cultura, através da Biblioteca Estadual, ampliou o espaço, em abril de 2013, com outra nova sala, onde está depositado o acervo literário e artefatos indígenas de diversas etnias.

Nos dias atuais, os povos indígenas estão em evidência, principalmente em termos culturais e históricos, e com o intuito de auxiliar educadores e gestores escolares e fortalecer a Lei 11.645/08 – que regulamenta o ensino da arte e cultura indígena nas escolas de todo o país, a SEC – MT/Biblioteca re-inaugurou a Sala Indígena permanece diariamente aberta e oferecendo ao consulente  obras literárias (antropologia social, cultura, etnografia, uso e costumes,  artes, literatura, política indígena, racismo, lendas, lingüística etc...), como também amostra de artefatos indígenas, acompanhados de descrição.

As obras estão catalogadas e podem ser consultadas através do link http://bpc.phlnet.com.br. As visitas são monitoradas  com orientação de um atendente responsável pela sala, procurando atender a comunidade de forma geral, respondendo perguntas e dirimindo curiosidades a respeito dos povos indígenas.

Nesse diálogo com o visitante, o atendente objetiva contribuir para a desmistificação da imagem dos índios, em geral estereotipadas, oferecendo informações valiosas sobre sua história, costumes, rituais, bem como sua multiplicidade cultural,  valorização de sua  relação com o meio ambiente e os conflitos que envolvem contemporaneamente a ocupação de seus territórios.